Fecha-se um ciclo

Paula Pequeno (E) está de partida para Bauru. Foto: Divulgação/Brasília Vôlei

Grande nome do Brasília Vôlei desde a criação da equipe, a ponteira brasiliense Paula Pequeno está de saída do time. A jogadora de 35 anos acertou a ida para o Vôlei Bauru (SP) e não defenderá mais as cores do time da capital federal. O anúncio foi confirmado nas páginas do Vôlei Bauru e da própria jogadora, ambas no Facebook.

Assim, a atleta, eleita a melhor jogadora das Olimpíadas de Pequim (CHI) em 2008, coloca um ponto final na trajetória de quatro temporadas atuando pelo Brasília Vôlei. Em todas as ocasiões, o time candango deu adeus à disputa da Superliga Feminina nas quartas de final. Na temporada passada, entretanto, as brasilienses conseguiram o melhor desempenho na competição, vencendo um jogo na fase de quartas-de-final, algo até então inédito.

“Bauru hoje é um dos times com condições de brigar com os times mais tradicionais, além de ter uma comissão que eu gosto, admiro e temos uma relação de amizade muito antiga. Então, o respeito será recíproco, sem dúvida”, afirma a jogadora.

Com a ida para Bauru, Paula Pequeno volta ao estado onde viveu o melhor momento de sua carreira. Ao todo, foram 11 anos defendendo o Osasco, período que compreendeu as conquistas do tricampeonato da Superliga e também do octacampeonato paulista. Curiosamente, foi em um jogo pelo Osasco em Brasília que a jogadora sofreu uma grave lesão no joelho, que a tirou das Olimpíadas de Atenas (GRE), em 2004. A volta por cima viria em grande estilo, quatro anos depois, com o até então inédito ouro olímpico e a coroação como melhor jogadora da competição.

A saída de Paula Pequeno também aumenta o processo de debandada de jogadoras que defenderam o Brasília Vôlei na temporada 2016/2017. Já se sabe que a levantadora Macrís, Fernanda, Larissa Gongra, Amanda, Roberta e Vivian não estarão em quadra pelo time candango na temporada que vem. Por outro lado, a equipe comemora a renovação do vínculo com o BRB, assim como a permanência da jovem levantadora Vivian Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *